Sopa cremosa de cenoura com gengibre

Posted on 4 min read 158 views

 

Eu vou te contar um pouco sobre a minha tara com sopas e especiarias, mas se você não tiver com tempo, clique aqui e pule direto para a receita

Eu já fiz um post aqui dedicado ao meu amor por sopas. Já contei como sou capaz de tomar sopa independente do clima e em qualquer refeição. E por falar em refeição, justamente, sou daquelas que acham, ou melhor, estão certas de que sopa é, SIM, uma refeição! Clica aÍ pra ler o post antigo e eu prometo tentar não ser (muito) repetitiva.
Pinit

Vou tentar não falar tudo aqui de novo, mas há coisas que precisam ser repetidas à exaustão pois são motes para a vida, então, aí vai. Todos juntos mais uma vez… “eu não usarei nunca, jamais, em hipótese alguma tempero pronto, caldo de carne, legume, peixe, etc. pronto ou qualquer uma dessas bizarrices hipersódicas que vende no supermercado.”  Longe de mim pedir pra você preparar caldo caseiro o tempo todo para fazer sopa com gosto sem usar caldo pronto, por isso a gente divide aqui a astúcia da mamãe: TEMPEROS!

Ervas, especiarias e um belo refogado vão dar um gosto especial à sua sopa sem que você tenha que recorrer à artimanhas industrializadas. Essa é uma sopa “picante”, por conta do gengibre, que se mistura à perfeição com o adocicado da cenoura. Pode confiar!

Pinit
Pinit
Olha aí o que é que vai dar gosto pra nossa sopa: salsão (pra mim sopa = salsão), cebola, alho, gengibre… Quem precisa de caldo de legumes de cubinho cheio de química bizarra quando se tem uma mistura dessas na mão?

Pinit

Outra maravilha é que quando usamos essas especiarias podemos servir a sopa tanto no inverno quanto no verão. O gengibre pode ser um excelente aliado para te esquentar em uma versão bem quentinha no frio, mas também pode ser bastante refrescante se servida fria, como uma espécie de gaspacho.

Lá no outro post eu também expliquei que a base das minhas sopas é, majoritariamente, só legumes. Sem proteína ou tubérculo. Elas entravam no quesito ‘a vontade’ dentro do plano alimentar e podem ser acompanhadas do que você quiser. Nesta versão, ela fica cremosa por conta da cenoura. Juro que não precisa de creme de leite. Sem contar que, desse jeito, você pode fazer um montão e guardar na geladeira que ela dura cerca de uma semana. Opção de marmita, ativar.

Agora vamos ao passo a passo que é, como sempre, mistura tudo e pronto, mas eu faço detalhado pra ficar bonitinho aqui no blog.

 

Sopa de Cenoura com Gengibre

Ingredientes
Pinit

250g de cenoura

1/2 cebola

1 dente de alho

1 talo de alho-poró (parte branca)

1 talo de salsão

1/4 de xícara de gengibre fresco (ou uma colher de café de gengibre em pó)

Sal e pimenta à gosto

Modo de fazer

  • Lave bem a cenoura e o alho-poró. Se a cenoura for orgânica, nem precisa descascar. Caso não seja, é melhor descartar a casca. Corte em pedaços mais ou menos do mesmo tamanho (isso vai facilitar o cozimento, sabendo que quanto maior o pedaço, mais tempo vai demorar para cozinhar)
  • Descasque a cebola e o gengibre.
  • Coloque todos os ingredientes em uma panela grande (cenoura, gengibre, cebola, alho, salsão e alho-poró) e adicione uma pitada de sal.
Pinit
  • Acrescente água até cobrir os legumes. Lembre-se que não vamos adicionar creme de leite, requeijão ou similar. A cremosidade vem dos legumes e sempre poderemos colocar mais água para deixar a sopa mais rala, mas não tem como voltar atras se acharmos que ficou líquida de mais.
  • Leve para cozinhar em fogo alto. Quando levantar fervura, tampe a panela e abaixe o fogo.
  • Cozinhe até todos os legumes ficarem macios. (basta espetar com um garfo para testar)
Pinit
  • Desligue o fogo e bata a sopa na panela mesmo com um mixer. Se você não tiver mixer, pode bater no liquidificador. Neste caso, aconselho esperar a sopa esfriar um pouco pois o calor extremo da sopa pode fazer explodir tudo quando você fechar o copo do liquidificador.
  • Se a sopa ficar granulada, acrescente mais água e bata um pouco mais. Este é o momento em que gosto não se discute e você vai acrescentando água (se necessário) para deixar na textura que você preferir.
  • Acrescente a pimenta de reino e ajuste o sal, se necessário.
  • Sirva!
Pinit

A vantagem dessas sopas cremosas “picantes” é a versatilidade. Como eu já disse, ela pode ser servida tanto fria quanto quente. Sim, sim, sim. Sopa no inverno e sopa no verão. Sopa o ano todo. Sopa em todas as refeições. Sopa sempre! Sopa! Sopa! Sopa!

Ufa! Pronto, me acalmei. Agora é com você. Vale servir pura mesmo, com pão, sementes de abóbora, queijo feta esfarelado por cima, cheiro verde………….

signature

What do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Comments Yet.

Previous
Pãozinho de queijo com pérolas de tapioca
Sopa cremosa de cenoura com gengibre