Guacamole “à moda da casa”

Posted on 4 min read 139 views

 

 

Seu avocado está super maduro e você está com pressa? Clique aqui e vá direto para a receita.

Dizer que guacamole não é mais do que um purê rústico de abacate (avocado) bem temperadinho é muito injusto. Essa pastinha mexicana é uma iguaria altamente versátil. Ela pode servir como acompanhamento para carnes e peixes ou como recheio para tomates, pimentões, abobrinhas… Isso sem falar do básico aperitivo para comer com pão, torrada, bolachinha… ou até puro, de colher.

Você sabe escolher um avocado? Comece pela casca. Se estiver verde e brilhante, o avocado ainda não está maduro. Prefira frutas com a casca mais escura. Em seguida, vamos ao toque: um avocado maduro tem consistência macia e afunda quando levemente pressionado. Por fim, o truque do talo. Retire o talo que fica na bundinha do avocado. Se por dentro ele estiver amarelado, a fruta ainda não está madura e se estiver marrom, significa que já passou do ponto. O que você quer é um belo tom de verde, que significa que o avocado está pronto para o consumo.

Chamei esta receita de guacamole de “à moda da casa” porque é a versão que eu faço na minha casa, respeitando meus gostos e frescuras, mas as variantes são infinitas e cada um pode (e deve) acrescentar seu toque pessoal à iguaria. Escolha bem seus ingredientes e solte a imaginação.

Idealmente você quer encontrar um avocado, que é aquele abacate menorzinho queridinho das dietas fitness, cuja polpa é mais consistente por conter menos água e maior teor de gordura – mas é claro que se você não encontrar o avocado pode usar o abacate comum, grandão, mesmo. Ambos contém vitaminas lipossolúveis e potencializam a absorção de nutrientes, fazendo com que sua refeição seja ainda melhor aproveitada pelo seu corpo.

Pinit

Excelente fonte de gordura monoinsaturada, o avocado é rico em vitaminas A, B6, C, E e contém mais potássio do que uma banana, que ajuda a prevenir diabetes e mantém bons níveis de colesterol. Cheio de cálcio, magnésio, minerais e fitonutrientes – derivados de plantas – que ajudam na prevenção do cancer, doenças cardíacas e evitam envelhecimento prematuro, fica fácil entender porque o avocado está tão na moda entre as pessoas que andam buscando uma alimentação saudável e equilibrada.

Pinit

Vamos ao que interessa, então? Fazer “guaca” não tem nenhum mistério. É só picar os temperos, amassar o avocado e degustar. Se você nunca se lançou, o que está esperando?

Guacamole “a moda da casa”

Ingredientes (para duas pessoas)
Pinit

2 avocados maduros

1/2 cebola roxa

1 tomate

1 dente de alho

Suco de 1 limão

Salsinha (ou coentro para quem curte) à gosto

Sal e pimenta do reino à gosto

Modo de fazer

  • Corte os avocados ao meio, retire o caroço e, com a ajuda de uma colher, raspe a polpa da fruta. Reserve.
  • Pique a cebola e o tomate (sem as sementes) – eu gosto de picar pedaços bem pequenos, mas as vezes a preguiça fala mais alto – e esmague o dente de alho.
  • Esmague o avocado com a ajuda de um garfo. Eu gosto de deixar esse “purê” bem rústico e pedaçudo, mas se você preferir uma pasta mais lisinha, basta esmagar mais e mais e mais. Lembre-se que estamos respeitando nossos gostos e frescuras.
  • Esprema o suco de 1 limão neste purê. O limão, não só vai dar gosto à sua guacamole, mas também vai ajudar a não escurecer o avocado (que oxida quando exposto ao oxigênio).
Pinit
  • Misture o alho esmagado, a cebola e tomate picadinhos.
  • Tempere com sal e pimenta do reino à gosto. Há quem use pimenta dedo de moça, ou pimenta calabresa. Como eu já disse: à moda da casa.
  • Acrescente (se quiser) salsinha picadinha, ou coentro, se você for da turma do coentro (eu não sou). Vale também usar folhas de menta ou gengibre ralado. Eternamente à moda da (sua) casa.

Voilà! Sua guacamole “personalizada” prontinha para ser servida.

Há quem acrescente azeite à guacamole. O abacate já é uma fruta rica em gorduras (as tais ‘boas gorduras’) e eu acho que não tem necessidade de acrescentar mais uma camada, mas caso você ache indispensável para dar um gostinho, vai fundo. Só não precisa exagerar.

Pinit

Como eu já disse, ela pode ser um maravilhoso aperitivo para você servir com torradinhas e/ou pãozinho em uma noitada com os amigos (ou para degustar sozinho, vendo um bom filme, num dia de preguiça). Você pode usar como acompanhamento para um frango grelhado ou um peixe assado. Fica ótimo para rechear tomates, pimentões ou qualquer outro legume e impressionar seus convidados com algo que vai muito além de uma saladinha básica.

Crie diferentes versões da guaca à moda da sua casa e divirta-se (e delicie-se) com esse creminho verde maravilhoso.

* Sobre o vídeo… Não, eu não esqueci o alho no vídeo. Apenas usei alho em pó por motivo de “o alho precisava ser guardado para a ceia de ano novo”. Prioridades! E aproveito para dizer que a versão original (em velocidade normal) durava 9min 01 seg, o que quer dizer que demora menos de 10 minutos para fazer guacamole.

Ah! Você pode guardar sua guacamole na geladeira de um dia para outro, caso sobre (o que eu acho difícil hehe), mas você corre o risco de ela ficar marrom – lembra da oxidação? Reza a lenda que se você colocar o caroço do avocado dentro da guaca ele ajuda a prevenir a oxidação. Se alguém tentar e funcionar – aqui nunca sobra guacamole para eu testar – me conte.

signature

What do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 Comment
  • Liana
    janeiro 2, 2019

    Deu água na boca, estou salivando até agora !!!

Previous
Sopa cremosa de cenoura com gengibre
Guacamole “à moda da casa”