Baba ganoush – a versão real/oficial da receita árabe

Posted on 3 min read 136 views

 

Hoje a história não é tão longa, mas se você já quer correr para a receita, basta clicar aqui

Em tenho um amigo que jura de pés juntos que fazer babaganoush é facílimo. De maneira objetiva eu não discordo dele. É fácil mesmo. Berinjela tostada na boca do fogão, amassada e temperada. Não tem mistério, né? Mas o que ninguém te conta é que tostar a berinjela no fogão faz sujeira. Muita! E você corre o risco de demorar mais pra limpar o fogão do que para fazer a pastinha árabe.

Pinit

Por essas e outras que eu dei a dica do caviar de berinjela versão forno. Mais prática e mais limpinha. Usa uma folha de papel manteiga e depois basta passar uma aguinha na assadeira. Fica uma delícia, e eu super recomendo para o corre do dia a dia.

Agora que eu fui 100% honesta com vocês e dei até alternativa para a babaganoush real/oficial, me sinto a vontade para dizer que eu também AMO essa versão defumada e para compartilhar a receita com vocês.

Pinit
Minha sugestão é fazer essa receita num dia que você já sacou que vai ter que dar uma bela lavada no fogão. Eu faço isso. Quando a gente vai desmontar o fogão todo e fazer aquela faxina, mais sujo ou menos sujo não faz muita diferença. E depois, tem a babaganoush de recompensa. Faz a faxina valer a pena.

Outra sugestão é fazer a babaganoush no dia do churrasco. Você pode “assar” a berinjela (inteira) direto na chama da sua churrasqueira e vai ter uma super entradinha ou um ótimo acompanhamento para as carnes. Essa pastinha também pode incrementar a salada e servir como acompanhamento para legumes na grelha, que agradam aos vegetarianos e também aos amantes de uma boa picanha. Abobrinha, abóbora, pimentão e cebola ficam incríveis quando feitos na churrasqueira.

Vamos à receita?

Babaganoush

Ingredientes
Pinit

 

1 berinjela média

1 dente de alho esmagado

Sal, pimenta do reino e cominho (à gosto)

Suco de 1 limão

1/2 colher de sopa de azeite

Modo de fazer
  • Lave e seque bem a berinjela.
Pinit
  • Coloque a berinjela sobre a boca do fogão e acenda o fogo (pode ser fogo alto).
  • Conforme for tostando, vá rodando o legume com a ajuda de uma pinça, para que cozinhe todos os lados por igual. Quando “assamos” a berinjela na chama aberta do fogão, a polpa dela fica macia e com um leve gostinho de defumado
Pinit

* Outra sugestão que dei lá em cima é fazer a berinjela na churrasqueira. Para ter o gostinho defumado típico da babaganoush você não pode colocar a berinjela na grelha. O que você vai fazer é jogar a(s) berinjela(s) em cima do carvão, no fogo direto. Do mesmo jeito que no fogão, vai virando com a ajuda de uma pinça para cozinhar por igual e segue o passo a passo tudo igual.

O vídeo original dura 18 minutos e 40 segundos, para vocês terem uma ideia do tempo que demora.

  • Quando  casca estiver queimadinha já pode tirar do fogo (ou da churrasqueira). Espera amornar um pouco para não queimar as mãos e retire a casca. Ela sai fácil, fácil. Além de ser tão divertido quanto tirar plástico protetor de celular novo.

  • Transfira a polpa da berinjela para uma tigela e acrescente o alho, o sal, a pimenta do reino, o cominho e o suco de limão. Se você for time tahine (aquela pasta de gergelim árabe), pode colocar uma colher de sopa.
  • Você pode fazer o “purê” da polpa da berinjela simplesmente misturando bem os ingredientes e amassando com o garfo ou, se preferir uma pasta mais lisinha, bata tudo com o mixer ou no liquidificador.
Pinit

Pronto, acabou!

Regue com 1/2 colher de sopa de azeite e sirva. Você pode salpicar salsinha, hortelã ou até uns flocos de pimenta calabresa ou alho desidratado para enfeitar (e dar uma nova camada de sabor).

Pinit

Este clássico da culinária árabe com sabor defumado pode ser uma excelente pedida para acompanhar carnes e frango (que seja no churrasco ou no dia a dia). Vai bem também no aperitivo, com cenoura e pepino crus, ou com uma bela fatia de pão (sírio, né?).

signature

What do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

No Comments Yet.

Previous
Caviar de beringela (ou “fake” babaganoush)
Baba ganoush – a versão real/oficial da receita árabe